As pesquisas

Publicado: 20 agosto 2014 em Geral

Pessoal que está à frente da guerrilha digital em apoio ao atual governador do Paraná, Beto Richa (PSDB), faz questão de valorizar os dados coletados por dois institutos: o Veritá e o Radar, que mostram o governador em situação favorável na disputa. Já o DataFolha, que apresenta uma briga mais acirrada entre os três principais candidatos, nem se ouve falar.

O caso faz lembrar quando, na eleição de prefeito em Barbosa Ferraz, surgiu uma pesquisa apontando Gilson Cassol com 60% dos votos. “Disparado” dizia a chamada do folder. Ouve choro e ranger de dentes. Aquilo era uma mentira descabida. Mas as urnas confirmaram até mais que isso. Foi eleito com quase 70% dos votos.

É esperar e ver quem tem razão!

Incêndio na sala de licitações

Publicado: 20 agosto 2014 em Geral

Foto: Tatiane Costa

Foto: Tatiane Costa

Um incêndio na Prefeitura de Guairaçá, na região noroeste do Paraná, destruiu parcialmente uma sala que abrigava documentos de licitações nesta terça-feira (19). Funcionários da prefeitura apagaram as chamas e o Corpo de Bombeiros de Paranavaí, também no noroeste do estado, fez o rescaldo.

A Polícia Civil abriu inquérito para investigar as causas do incêndio. De acordo com a polícia, uma janela da sala estava quebrada e não há sinais de que o fogo tenha começado na fiação elétrica. Vários arquivos de licitações feitas pelo município foram queimados.

A sala está isolada e uma equipe de peritos da Polícia Civil deve ir até a prefeitura nos próximos dias para apurar as causas do incêndio.

As informações são do G1-PR

Foi ao ar ontem no quadro “Proteste Já” do CQC a reportagem feita pelo jornalista Guga Noblat sobre o golpe da Construtora Iguaçu do Brasil, de Maringá, de propriedade do ex-prefeito de Mandaguari Carlos Alberto Campos de Oliveira, o Carlinhos. Em Londrina, a partir de 2009, ele investiu em marketing anunciando condomínios, não entregues até hoje; o golpe atingiu mais de 600 famílias londrinenses, que perderam cerca de R$ 100 milhões. Noblat veio para Maringá, onde ficou dois dias, para fazer a matéria, e ao tentar entrevistar o ex-prefeito ficou encurralado em uma sala do Edifício Transamérica por alguns funcionários da construtora, que o agrediram. “É um engano isso aí”, disse Carlinhos.

As informações são do Maringá News

pacotur1

Reprodução Paraná TV

O ônibus pertencente a Sebrian Transportes Ltda – também conhecida pelo nome fantasia Pacotur – que se envolveu em grave acidente nesta madrugada prestava serviços para prefeituras da região no transporte de pacientes em tratamento na capital do Paraná. Entre as prefeituras que contratam o serviço da Sebrian, está a de Barbosa Ferraz.

O acidente resultou em duas mortes no instante da colisão. Adrieli Baia, de Fênix, e Aparecida Domingues, de São João do Ivaí, estavam sentadas nas poltronas que foram atingidas em cheio com a pancada e não resistiram aos ferimentos. O lado direito do ônibus teria atingido a traseira de uma carreta. O motorista do caminhão ainda tentou jogar o veículo para o acostamento mas, não evitou a colisão.

A Pacotur foi anunciada no ano passado pela Prefeitura de Barbosa Ferraz como uma empresa alternativa para agilizar o transporte de pacientes para tratamento em Curitiba, além de uma van de propriedade do município que já realizava parte do serviço. No momento da colisão estavam no veículos pacientes de Barbosa Ferraz, Fênix, Quinta do Sol e São João do Ivaí. Quase mil pacientes foram à Curitiba pela empresa somente em Barbosa Ferraz, de acordo com informações do Portal da Transparência.

terceirizadoComo pode uma prefeitura ter pago, em 2013, R$ 130 para uma empresa prestadora de serviço por unidade do serviço prestado e, neste ano de 2014, o mesmo serviço está sendo ofertado a R$ 380,00. Um aumento de quase 300%. Detalhe: em todo o exercício de 2013 foram gastos pouco mais de R$ 1 mil. Neste ano, em três meses, o gasto já passa dos R$ 3 mil apenas nesse segmento. Falta fiscalização? Falta acompanhamento? Estaria na hora de criar um Observatório Social na cidade para acompanhar esses contratos? A coisa anda dum jeito…

IMG_0892A foto acima foi feita em 2014. A foto abaixo, publicada neste blog em abril de 2010. Em quatro anos de administração, dois prefeitos, o que mudou na quadra que fica ao lado da Creche Municipal de Corumbataí do Sul?

quadra1

Em pauta, os táxis

Publicado: 14 agosto 2014 em Região

Além da compra do veículo com um desconto considerável em impostos, os taxistas também tem mais um benefício: são imunes ao pagamento do IPVA. Ai o leitor antenado pode questionar que isso é uma forma de manter a frota sempre nova, que o desgaste do carro é grande, entre outras coisas.

Ai a gente pergunta: e esse pessoal que está se valendo da condição de ‘taxista’ apenas para tirar carro novo em concessionária e nunca pisou o pé no ponto de táxi da cidade? A resposta vem de uma fonte do blog que garante: tem agentes da receita Estadual e Federal rondando a região a fim de por fim a esta manobra escandalosa de sonegar impostos. Questão de tempo.