Arquivo de agosto, 2013

população_ctzA população de Corumbataí do Sul despencou nos últimos 12 anos, de acordo com os dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em 1991 a cidade, com apenas quatro anos de emancipação política, contava com quase 7 mil moradores.

Na contramão do crescimento do estado e do país, Corumbataí do Sul viu sua população diminuir ano a ano. Ainda de acordo com os últimos dados divulgados pelo IBGE, a população do município não chega a 4 mil habitantes. São exatos 3.887 moradores.

Anúncios

Prefeitas da região

Publicado: 26 agosto 2013 em Barbosa Ferraz, Região

prefeitasDo Boca Santa

Que a participação das mulheres na política cresce dia a dia na política, ninguém ousa duvidar. Basta ver quem dá as ordens no Palácio da Alvorada e no Paço Municipal 10 de Outubro. Na região, as seis mulheres prefeitas são um recorde. Já o site da Comcam deu uma exageradinha e na galeria dos prefeitos todos são chamados de “prefeitas” e “vice-prefeitas”.  Ah, como diriam no baile funk: “Tá dominado!”…

Corrida da Independência

Publicado: 19 agosto 2013 em Barbosa Ferraz

corrida

Porco Garantido em setembro

Publicado: 19 agosto 2013 em Barbosa Ferraz

Cartaz Porco Garantido 2013

TCE notifica Câmara

Publicado: 19 agosto 2013 em Barbosa Ferraz

O Tribunal de Contas do Paraná divulgou na semana passada que notificou 163 municípios por subsídios irregulares pagos a prefeitos, vice-prefeitos e vereadores. Na lista está a Câmara de Barbosa Ferraz. Leitores deste blog já sabem desta informação desde junho quando noticiamos as restrições apontadas pelo TCE.

A Câmara teve prazo de 15 dias para apresentar sua defesa. Ainda de acordo com o TCE a não apresentação da defesa acarretará na desaprovação de contas, devolução de subsídios recebidos a maior e até a inscrição na lista de inelegíveis para as próximas eleições. Também estarão sujeitos a multa.

Como já explicamos na postagem de junho, o TCE geralmente aceita as defesas apresentadas durante o curso do processo de aprovação de contas.

unoA Prefeitura de Barbosa Ferraz fará a compra de três veículos zero quilômetros para a secretaria de Saúde. O valor total chega perto dos R$ 100 mil. Cada veículo sairá por pouco mais de 30 mil. A licitação cumprirá mera formalidade do executivo, visto que o edital cita claramente que o modelo escolhido é o novo Uno, da Fiat. Entre os itens exigidos estão novo motor EVO, barras longitudinais no teto e revestimento de plástico nas capas de roda. Os itens são características do carro da Fiat. As propostas serão entregues às 13h30min desta segunda-feira e abertas às 14h.

alfredo_rafaelO padre Alfredo Rafael Belinato Barreto foi eleito ontem para ocupar a cadeira de número 15 da Academia Mourãoense de Letras. A reunião que elegeu o novo acadêmico aconteceu na sede da entidade, na Estação da Luz (Biblioteca Pública Municipal).A data da posse de Alfredo Rafael Belinato Barreto ainda não foi definida.

Currículo invejável: O novo acadêmico é padre na Diocese de Campo Mourão e natural de Barbosa Ferraz. Possui graduação em Licenciatura em Filosofia pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (2008). É bacharel em Teologia pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná – Campus Londrina. Mestre em Teologia pela Pontifícia Universidade Catolica do Paraná – campus Curitiba. Atua na investigação das tradições cristãs primitivas e do desenvolvimento do cristianismo no mundo mediterrâneo. Pesquisa as fontes cristãs neotestamentárias e extra-bíblicas, e as diferentes tradições narrativas que integram o testemunho literário das primeiras comunidades cristãs. Atua também como diretor e docente na Escola de Teologia para Leigos Pe. Yves Pouliquen com sede em Campo Mourão. É reitor da Escola Diaconal Santo Estevão, destinado à formação dos diáconos permanentes na Diocese de Campo Mourão. Trabalha como Diretor Espiritual no Seminário de Filosofia Nossa Senhora de Guadalupe (Maringá) e é diretor do Museu e Arquivista na Diocese de Campo Mourão. É presidente da Fundação São José e atua como professor convidado no curso de pós-graduação em Teologia da Pontifícia Universidade Católica do Paraná – campus Londrina.
É autor dos livros: 70 anos da Encíclica Summi Pontificatus. Redescoberta da atualidade do papado de Pio XII. (2009); O Desbravador espiritual: a história de Monsenhor Aleixo Selusniak. (2010); Aleixo Selusniak (1925-1998). (2010); Mentir ao Espirito Santo ou enganar a comunidade? Superação como reconstrução da identidade em At 5,1-11 (2012).

Padre também é diretor de Museu da Igreja Católica inaugurado nesta quinta-feira (8)

Foi inaugurado na manhã de hoje, na Mitra de Campo Mourão, o Museu e Arquivo Diocesano, contendo várias vestimentas usadas por bispos que já passaram pela diocese (principalmente daqueles que já faleceram), além de peças antigas utilizadas nas celebrações de missas. Segundo o padre Rafael Belinato Barreto, diretor do Museu, além de peças indumentárias de bispos foi preservada também a batina do primeiro missionário, padre Aloísio Jacob que pertencia à sociedade do verbo divino e morreu em 1974 – quando era pároco na cidade de Engenheiro Beltrão.

Além de outras peças como a primeira mesa de trabalho da Cúria diocesana, está em exposição no local a primeira máquina de escrever, a cadeira que pertenceu a Dom Eliseu Simões Mendes, a chancela de Dom Virgilio de Paula (um instrumento que marca o selo do bispo em documentos), cartas dos bispos e livros tombos das 39 paróquias.

A cerimônia de inauguração foi presidida pelo bispo diocesano de Campo Mourão, dom Francisco Javier Delvalle Paredes. Também participaram a prefeita Regina Dubay, a coordenadora do Museu Municipal de Campo Mourão, Edna Simionato, o presidente da Academia Mourãoense de Letras, Jair Elias dos Santos, além de outros convidados e vários padres.

“Esse momento para nós representa um pouco do resgate da história que a igreja em particular tem construído ao longo de sua história, por meio de tantas pessoas especiais que passaram por aqui. O Museu Diocesano é a realização do sonho de vários padres, em especial do padre Jurandir que deu início a essa iniciativa, com intuito de resgatar parte da história da nossa diocese”, disse dom Javier.

Com informações da CRN e iTribuna