Arquivo de julho, 2011

Morte em Corumbataí do Sul

Publicado: 31 julho 2011 em Corumbataí do Sul

Uma mulher foi morta a facadas neste fim de semana, em Corumbataí do Sul. De acordo com as primeiras informações, o principal acusado pelo crime está detido.

A informação é do G1 PR

O Ministério Público (MP) entrou na Justiça contra o prefeito de Marilena, no Noroeste do Paraná, José Aparecido (PP), mais conhecido na cidade como ‘zé do peixe’. Ele é acusado de cometer atos de improbidade administrativa e de desviar dinheiro público para reservas de placas de nove carros da prefeitura com as iniciais do apelido e os números do partido dele. O prefeito teria gastado R$ 500.

Em Corumbataí do Sul, o prefeito Osney Picanço personalizou a placa do Astra Oficial com as iniciais AOP-5007.

“Posso vir a ser candidato a prefeito, mas dificilmente seria em Maringá”. A frase é do ex-deputado federal, Odílio Balbinotti (PMDB), respondendo ao Blog do Rigon sobre a possibilidade do PMDB maringaense optar por candidatura própria em 2012.

O nome de Balbinotti voltou a ser cogitado após o escândalo do Dnit, que pode vir a prejudicar a candidatura do presidente estadual do PT, Enio Verri, à Prefeitura de Maringá.

Boatos já deram conta que Balbinotti poderia ser candidato em Sarandi e até em Barbosa Ferraz. A assessoria do ex-parlamentar nega as duas situações.

Assim como os jovens e adolescentes que, ao completarem 18 anos, deixam de ser acompanhados pelo Conselho Tutelar, o reinado da histórica Parati utilizada pelo órgão está prestes a terminar, também após 18 anos de árduo trabalho e uso. Basta ver a situação que o veículo se encontra hoje.

A Prefeitura deve firmar convênio com o Governo do Paraná para aquisição de um novo veículo. Alguns municípios, como Campina da Lagoa, estão assinando hoje o convênio para receber R$ 30 mil do Estado.

Corumbataí do Sul ainda não conquistou tal convênio pela pura e simples falta de documentação. O Tribunal de Contas do Paraná não emitiu certidão liberatória para o município por nao cumprir a aplicação de recursos na manutenção e desenvolvimento do ensino. Ou seja, no ano passado, a prefeitura investiu menos que deveria em Educação.

Agora estão correndo contra o tempo para garantir tal certidão e não perder o convênio.

Corumbataí do Sul

 

O deputado Douglas Fabrício (PPS) deu uma passada pela região, nesta quarta-feira (27) para prestar contas do seu trabalho na Assembléia Legislativa.

Por volta das 17h Douglas reuniu um grupo na Câmara Municipal de Corumbataí do Sul. Estavam presentes o prefeito Osney Picanço, o vice-prefeito Elias Fernandes e o ex-vice prefeito Edson Paulo, o Teko. Os dois últimos pleiteiam vaga no PPS para lançar candidatura à prefeitura.

Barbosa Ferraz

Barbosa Ferraz

 

Em Barbosa Ferraz a prestação de contas também ocorreu na Câmara Municipal. Várias lideranças do município prestigiaram o encontro, entre elas o vereador Miliossi, que defende candidatura própria do partido em 2012 no município de Barbosa Ferraz.

“Tenho essa prática desde que ingressei na vida pública. Prestar contas é uma obrigação de quem exerce um mandato”, justifica Douglas, durante o encontro com as lideranças.

 

O vereador Edenilson Miliossi, em recente viagem à Curitiba, esteve com o secretário de Esportes do Paraná, Evandro Rogério Roman (ao centro) e garantiu, juntamente com o deputado Douglas Fabrício,  a doação de diversos materiais esportivos para Barbosa Ferraz e região.

O diretor da Universidade Estadual do Paraná (Campus Campo Mourão/Fecilcam), professor Antonio Carlos Aleixo, recebeu na manhã desta segunda-feira, 25, os vereadores Luiz Carlos Angeli e Luciano Soares Souza. Os vereadores de Barbosa Ferraz fizeram o contato com o objetivo de solicitar a implantação de cursos de graduação no município.

Durante o encontro, os vereadores destacaram que acreditam na educação como uma forma de gerar empregos e proporcionar o desenvolvimento da cidade. “Nos últimos anos nossa população caiu, consequentemente diminui nossa arrecadação. Os jovens estão saindo de Barbosa Ferraz para continuar os estudos e não voltam”, apresentou Luiz Carlos.

Aleixo aproveitou a oportunidade para dizer que a abertura de extensões da Universidade é uma intenção existente, porém destacou pontos que são necessários para a efetivação do projeto. Uma das primeiras exigências se refere à estrutura para o funcionamento da faculdade.

Na análise dos vereadores, as escolas do município poderiam ser utilizadas inicialmente para a implantação dos cursos superiores. “Temos duas escolas que estão com espaço ocioso no período noturno que são possibilidades”, enfatizou Luciano.

O próximo passo dos vereadores será a elaboração de um projeto com informações detalhadas sobre a implantação de uma extensão da Fecilcam em Barbosa Ferraz. No projeto, devem ser incluídos dados como a quantidade de cidades e pessoas que poderão ser atendidas, bem como as necessidades da região. Após concluído, o material será encaminhado para o secretário de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (SETI), Alípio Leal.