Arquivo de junho, 2012

Terminou há pouco a convenção do PPS de Corumbataí do Sul. E esqueçam tudo que leram neste blog sobre a proposta do vice-prefeito Elias Fernandes ser lançado candidato a prefeito neste pleito. Já não é mais essa a estratégia da turma.

Os filiados do PPS aprovaram a proposta de uma chapa pura com uma dobradinha entre os dois que pleiteavam a vaga da cabeça de chapa. Sai Teko para prefeito com Elias de vice-prefeito. A mudança acontece menos de 24 horas após dirigentes do partido afirmarem com todas as letras que o candidato seria o Elias.

Outro assunto que segue indefinido é a possível aliança com outros partidos. As conversações com outras siglas não prosperaram como a turma gostaria e por isso a decisão de ir para o embate com uma chapa pura. Essa indefinição de alianças pode gerar uma terceira candidatura na cidade, com outros partidos de oposição.

Tudo isso porque o PPS estava certo que a aliança com o PMDB sairia, o que não ocorreu. Agora é vestir de vez a camisa de partido de oposição.

Ele já ganhou nome, carinho e até um chapéu. Ganhou também a mobilização de internautas que querem vê-lo de casa nova. A história do Peixoto, cãozinho que foi abandonado na entrada de um escritório de advocacia, em Barbosa Ferraz, agora mobiliza os internautas, no Facebook. A foto acima já está sendo compartilhada dezenas de vezes. Sem contar os inúmeros “curtir” que a imagem vem recebendo nas redes sociais.

A mobilização em torno do novo lar para o Peixoto também abre espaço para uma discussão mais aprofundada do assunto. A cidade não possui um local adequado para recolher animais de rua e a cada nova ninhada, sempre surgem os filhotes abandonados das mais diversas formas.

O PPS de Corumbataí do Sul estará reunido nesta sexta-feira, às 19 horas, na Biblioteca Municipal, para realizar a sua convenção. De acordo com informações de dirigentes do partido, o nome do atual vice-prefeito Elias Fernandes deve ser confirmado pelos filiados como o candidato do partido à prefeitura.

O PPS havia buscado apoio do PMDB (leia-se Osney Picanço) e trabalhou até então com o nome do empresário Edson Paulo, o Teko. A possíbilidade de Picanço apoiar o empresário era maior do que apoiar o seu atual vice-prefeito, com quem teve uma relação conturbada neste mandato. Elias era secretário de agricultura e desistiu do cargo 10 meses depois da posse por incompatibilidade com o prefeito.

Como a aliança com o PMDB não deu muito certo, entra em cena o plano B do PPS: sai Teko e entra Elias Fernandes na cabeça de chapa. E o partido namora com várias outras siglas de oposição para formar uma frente única contra os partidos, agora, de situação.

O nome do vice-prefeito que integrará esse chapão ainda não foi definido. “Nós vamos conversar com todos os partidos até o início da nossa convenção. Ai sim definiremos um nome de consenso”, disse um dirigente do PPS.

A convenção municipal do PMDB de Corumbataí do Sul, ocorrida nesta quinta-feira, às 19 horas, aprovou a proposta de coligação com o PDT, indicando assim o nome do vice-prefeito da chap, com uma vitória esmagadora sobre a proposta de coligação com o PPS, também indicando o nome do vice. O placar foi de 21 votos a 4.

O PMDB de Corumbataí do Sul realiza nesta quinta-feira (28), às 19 horas, a convenção municipal para definir os rumos do partido no pleito eleitoral deste ano. A aliança com o PDT poderá encontrar resistência de outra ala do partido que também vai pleitear uma aliança com o PPS.

Até então, numa reunião secreta, estava tudo definido para o PMDB se unir ao PDT e indicar o vice-prefeito da chapa. Sairia Caxão (PDT) para prefeito e o vereador Xandão (PMDB) como vice.

Ocorre que outro filiado ao partido colocou seu nome à disposição da convenção com a proposta de coligar com o PPS, indicando, da mesma forma, o vice.  O funcionário público Dilsinho também quer disputar o voto dos filiados e aposta numa aliança com o PPS, do Teko. Neste caso, ele gostaria de ser indicado ao cargo de vice-prefeito numa eventual aliança.

Caso passe na convenção, essa proposta de aliança com o PPS começa causando indigestão. Os dois partidos já não mantém um relacionamento bom há algum tempo, fruto dos descontentamentos do PPS, que apoiou o PMDB no último pleito municipal, e fruto também de magoas do PMDB em outras ocasiões que necessitou do apoio do PPS e ficou a ver navios.

Passou em primeiro e não assumiu

Publicado: 25 junho 2012 em Região

Ontem, no programa Fantástico, uma jovem de Quinta do Sol deu entrevista afirmando que passou no concurso em primeiro lugar e não assumiu a vaga.

Ainda de acordo com o programa, quem assumiu a vaga foi a mulher de um juiz. “A gente cria expectativa, estuda, se prepara pra isso e quando recebe o resultado fica realizada, e depois se decepciona”, disse a jovem classificada em primeiro lugar.

Veja a reportagem sobre o assunto

Aliança do PDT e PMDB

Publicado: 25 junho 2012 em Corumbataí do Sul

É impossível falar desta aliança entre o empresário Carlos Caxão e o vereador Xandão (pré candidatos a prefeito e vice-prefeito, respectivamente) sem fazer uma análise mais aprofundada da situação política atual de Corumbataí do Sul e um levantamento histórico dos que, hoje unidos, já formaram um grupo em outra ocasião. Conversei também com alguns membros do PPS e tem novidades por ai. Aguardem ainda hoje uma matéria completa sobre o tema.