Arquivo de março, 2013

Os vereadores barbosenses devem apreciar, na próxima sessão, projeto de Lei que institui o Dia Municipal do Evangélico. A proposta é do vereador Julielton dos Paços Rodrigues e foi apresentada verbalmente aos vereadores nesta segunda-feira (19), recebendo diversas manifestações de apoio.

Ao defender o projeto, o vereador Julielton dos Paços citou o dia 22 de maio, data marcada por diversas manifestações da comunidade católica em homenagem à Santa Rita, como o dia dos católicos.

De acordo com a proposta do vereador, o Dia municipal do Evangélico terá o apoio do Executivo municipal através da secretaria de Educação e Cultura para realização de diversas atividades e shows com cantores gospels. “[Vamos] valorizar mais os evangélicos, dar mais liberdade e mais direitos”, afirmou o vereador.

 

queda_energia

Uma sessão com um público pequeno mas, com ânimos acirrados. Assim foi a reunião semanal dos vereadores no dia 4 de março logo após uma viagem à Brasília e repleta de críticas pelo uso de diárias. Cada parlamentar recebeu R$ 1.500 para cobrir despesas de viagem, estadia e alimentação nos três dias que permaneceu na Capital Federal.

O assunto é abordado neste blog só agora devido a divulgação oficial da Ata 009/2013 que não registra nenhum pronunciamento feito pelos parlamentares naquela noite. No documento aprovado no último dia 11, a alegação é que uma falha técnica impediu a transcrição do pronunciamento dos vereadores devido a queda de energia. A transmissão da rádio câmara naquela noite ocorreu de forma ininterrupta, sem nenhum corte ou problema de áudio.

Este blog iniciou a audição via internet por volta das 19h20min e, com a ausência do pronunciamento oficial em Ata, vai contribuir com as anotações feitas durante a transmissão pela rádio câmara.

O vereador Carlos Roberto Lucindo, o Roxinho, já discursava e afirmou ter viajado doente para a capital e contou com a ajuda dos oito vereadores. O vereador afirmou que procurou atendimento médico em Brasília no período noturno. Roxinho rebateu às críticas sobre o uso de diárias durante seu pronunciamento na Câmara. “Esses vagabundos que falam que a gente pega diária para falar com o secretário do secretário (…) Nós temos nossos direitos e a população nos elegeu porque confia em nós. Esse mês nós vamos pegar diária denodo, vamos para Curitiba. (…) Esses pilantras querem dinheiro de político e depois dizem que político não presta”

Já o vereador Cido Luciani destacou uma reunião entre o prefeito e vereadores [que ocorreu nesta segunda-feira, 19] e as melhorias que estavam previstas para as estradas rurais [apesar da chuva não ter deixado realizar muita coisa]. E finalizou: “Pelo amor de Deus, não acreditem em boatos”

O mais jovem vereador Julielton dos Paços Rodrigues avaliou a viagem à Brasília como “de muita importância” e “quem ganhou foi o município”. O vereador afirmou que garantiu junto ao deputado federal Nelson Padovani 4 pontes para os distritos de Barbosa Ferraz. Foi corrigido pelo vereador Elson Zacarias que o que virá serão as vigas e a prefeitura deve gastar pelo menos de R$ 17 à R$ 20 mil nas cabeceiras de cada ponte.

Celso Preisner afirmou ter visitado o gabinete do senador Roberto Requião e o deputado Odílio Balbinotti. “Muitos acham que é chegar lá e sair com dinheiro, não é assim. Tem que correr atrás de projeto, dos deputados”.

Jose Eduardo, em seu pronunciamento, derrubou por tabela as criticas feitas pelo vereador Roxinho [de que se pega diária para falar com assessor] afirmando que “fomos atendidos pelo assessor dele [o filho do Requião, durante visita ao gabinete do senador].

Elson Zacarias afirmou que os “deputado tem que mostrar agora para a gente acreditar neles”. O vereador afirmou ter pedido recursos para infraestrutura nos bairros e vilas (asfalto ou pedra irregular) junto ado deputado Marcelo Almeida e acompanhou o vereador Cido Luciani no gabinete do deputado Assis do Couto. “Se mandar só ofício por e-mail não resolve”. Sobre a doação de pontes [assunto abordado pelo vereador Julielton] Elson afirmou que a prefeitura entra com a maior parte. “Eu já fiz várias pontes e sei quanto custa”. E encerrou seu pronunciamento falando do “crítico da cidade” que “fez a gente virar motivo de chacota. Repúdio à ele, para criticar tem que ter certeza”.

O vereador Roberto Dameto foi curto e grosso na defesa das diárias. “Diárias nos temos graças ao presidente e nos vamos usar para buscar recursos”.

O presidente da Casa de Leis, Luciano Soares, foi o último a se pronunciar. “Já falaram tudo de mim (…) Essas críticas recebo assim: se estão falando a verdade, tenho que parar e mudar, porque as vezes estão com a razão. Quando é infundada, ai é sem razão. (…) A notícia existe, o que diferencia é a forma de noticiar” E concluiu afirmando que hoje a Câmara tem transparência.

almoxarifado

A Prefeitura de Barbosa Ferraz realizou a limpeza dos terrenos anexos ao almoxarifado municipal que estavam com mato alto, carros abandonados e muito entulho. Todo o material foi recolhido para evitar possíveis focos de dengue. O assunto já havia sido cobrado neste blog. De acordo com nota divulgada pelo município, o local não recebia um tratamento deste há anos, o que ocasionou o acúmulo de lixo e entulhos.

Sexta, às 15 horas

Publicado: 15 março 2013 em Corumbataí do Sul

Esse foi o novo horário definido para a entrega da nova viatura da Polícia Militar para Corumbataí do Sul. No destacamento, os cinco policiais já estão trabalhando. A única dúvida é o porque da demora da entrega de um veículo que está desde sábado em Campo Mourão. Corumbataí foi o último a receber na região que, com certeza, dará agilidade no atendimento e mais tranquilidade à população que viveu uma temporada sem proteção.

caxaoO prefeito de Corumbataí do Sul, Carlos Caxão, participou na semana passada da entrega das novas viaturas para a Polícia Militar do Paraná. Um dos novos carros será destinado para o município e deve ser entregue nesta quinta-feira (14).

A outra boa notícia para Corumbataí é a reativação do destacamento da PM, que estava sem efetivo há meses. Neste período, o policiamento tem sido feito pelo destamento da PM de Barbosa Ferraz. Cinco policiais começam a trabalhar a partir desta quinta-feira no município.

 

Ontem, pouco antes de iniciar a sessão ordinária da Câmara de Vereadores de Barbosa Ferraz, o microfone da rádio câmara já transmitia o áudio do ambiente. Eis que se ouve em tom alto a seguinte frase:

– Vocês querem polêmica hoje ou não?

Interrompido por um interlocutor que fala algo inaudível sobre ter “rabo preso” e ai vem a resposta:

– Oxê, eu não tenho rabo preso! e complementa citando algo sobre escrever (novamente, não deu para compreender)

Outra voz ao fundo, desta vez feminina, chama a atenção do vereador autor das duas expressões acima de que a rádio câmara estava ligada e ele encerra o assunto.

Mais atual, impossível…

Publicado: 12 março 2013 em Geral

jornalismo_independente